Skip to content

Rota do Vale do Lima

Este percurso permite-nos conhecer em pormenor os monumentos românicos do vale do Lima. O percurso desenvolve-se linearmente, começando junto à foz, em Viana do Castelo, e terminando na aldeia de Ermelo, perto da fronteira com a Galiza.

Número de igrejas: 11

Percurso total: 150 km

Duração recomendada: 2 dias

Primeiro dia: Saindo de Viana do Castelo pela auto-estrada A27, fazemos a primeira paragem cerca de 10 km mais adiante, para visitarmos a pequena igreja de São Cláudio de Nogueira. Esta igreja, visível a partir da auto-estrada encontra-se bem conservada e tem importantes elementos escultóricos. Seguidamente, retomamos a A27 até Ponte de Lima. Um pouco antes desta vila, visitamos a igreja de Arcozelo e seguidamente tomamos a N204 para sudoeste, até à zona da Correlhã, para observar um conjunto de duas igrejas que aqui existem (a igreja de São Tomé, já muito alterada, e a capela de Santo Abdão). Por fim, regressamos a Ponte de Lima e procuramos a direcção de Ponte da Barca, mas logo à saída da vila não devemos deixar de reparar na igreja de São João Baptista da Ribeira. Por fim, tomamos o IC28 até Ponte da Barca. Este local afigura-se apropriado como local de pernoita.

Segundo dia: Nas imedições de Ponte da Barca existem diversos monumentos românicos, todos eles com aspectos interessantes. A não perder é a igreja de São Salvador de Bravães, uma das jóias do românico português que merece atenta observação – refira-se, em particular, o seu portal principal, pela riqueza escultórica que contém. Também se recomenda uma visita à pequena capela da Comenda, que contém pormenores escultóricos interessantes, nomeadamente na pequena fresta do lado sul. Seguidamente sugere-se uma visita à igreja de São Martinho do Crasto, que ainda conserva interessante cachorrada. A rota prossegue com uma visita à igreja de Sabadim, situada cerca de 8 km a norte de Arcos de Valdevez, após o que regressamos a Ponte da Barca e tomamos a estrada da Galiza, para conhecermos as duas igrejas que ainda nos aguardam: o mosteiro de Vila Nova de Muía, já muito alterado mas com diversos elementos românicos visíveis no interior da igreja, e o mosteiro de Ermelo, situado num lugar magnífico à beira do rio Lima e que se destaca pelo seu portal com a cruz vazada e pela fresta na cabeceira.

Mapa interactivo

%d bloggers like this: